Atendimento

0

Frete Grátis

acima de R$299

Descontos

em pagamentos à vista

Loja física

em Goiânia/GO

Pague com cartão

em até 12x s/ juros

Atendimento

especializado

27/09/2023

Entendendo os diferentes tipos de apneia do sono

A apneia do sono é um distúrbio comum que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. No entanto, o termo "apneia do sono" é amplo e abrange diferentes tipos de apneia. Nesta matéria, vamos explorar e entender os diferentes tipos de apneia do sono, seus sintomas e a importância de buscar tratamento adequado.

  • Apneia obstrutiva do sono (AOS):

A apneia obstrutiva do sono é o tipo mais comum de apneia. Nesse caso, as vias aéreas superiores ficam parcial ou totalmente bloqueadas durante o sono, interrompendo a respiração. Os sintomas incluem ronco alto, pausas na respiração durante o sono, sonolência diurna, falta de energia e dificuldade de concentração.

  • Apneia central do sono (ACS):

A apneia central do sono ocorre quando o cérebro não envia os sinais corretos para os músculos responsáveis pela respiração durante o sono. Isso resulta na interrupção da respiração. Os sintomas da apneia central do sono podem incluir dificuldade para dormir, insônia, sonolência diurna, falta de ar durante o sono e despertares frequentes durante a noite.

  • Apneia mista:

A apneia mista é uma combinação da apneia obstrutiva do sono e da apneia central do sono. Nesse caso, ocorre tanto o bloqueio das vias aéreas quanto a falta de sinais cerebrais adequados para a respiração. Os sintomas podem variar e incluem ronco, pausas na respiração durante o sono e sonolência diurna.

  • Outros distúrbios relacionados ao sono:

Além dos diferentes tipos de apneia do sono, existem outros distúrbios relacionados ao sono, como a síndrome da resistência das vias aéreas superiores (SRVAS) e a síndrome da apneia hipoapneia do sono (SAHS). Esses distúrbios têm características semelhantes à apneia do sono e requerem atenção médica adequada.

Importância do tratamento:

Independentemente do tipo de apneia do sono, é essencial buscar tratamento adequado. A apneia do sono não tratada pode levar a complicações de saúde, como pressão alta, doenças cardíacas, diabetes, problemas de memória e concentração, além de impactar negativamente a qualidade de vida. O tratamento pode incluir o uso de CPAP, terapia de pressão positiva, mudanças no estilo de vida e, em casos mais graves, cirurgia.

Conclusão: Entender os diferentes tipos de apneia do sono é fundamental para reconhecer os sintomas, buscar diagnóstico adequado e receber o tratamento correto. A apneia obstrutiva do sono, a apneia central do sono e a apneia mista têm características distintas, mas todas requerem atenção médica e intervenção adequada. Não ignore os sinais da apneia do sono e busque ajuda profissional para garantir um sono saudável e uma melhor qualidade de vida. O tratamento da apneia do sono pode fazer a diferença em sua saúde e bem-estar geral.